Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Empreendedorismo e Inovação
Engraxat abre loja própria e quer chegar a todo o país
    10-04-2019
    A Engraxat acaba de abrir uma loja própria, em Vila Nova de Famalicão, sinal da sua vitalidade e vontade de crescer. Alexandre Marques, 25 anos, o engraxador dos tempos modernos, como é já apelidado, é o rosto da marca.
    A Engraxat é um bom exemplo da reinvenção de uma arte antiga que, de quase condenada ao desaparecimento, surge agora rejuvenescida por ideias novas que a projetam para um futuro risonho.
    O conceito é idêntico ao de engraxador de rua. De forma original, propõe dar uma nova vida às sapatilhas que, com o uso, perdem o seu encanto. Apenas não existe aquele momento de espera durante a limpeza. “Os clientes deixam as sapatilhas aqui na loja ou nos locais parceiros que fazem também recolha. Depois de dois ou três dias, recebem uma mensagem indicando que a limpeza está concluída, podendo levantar as sapatilhas na loja ou nesses locais”, explica Alexandre.
    Toda a ideia da Engraxat surge graças à sua experiência como funcionário em lojas de desporto, em que muitas vezes era confrontado pelos clientes com a pertinente questão “como devo limpar as minhas sapatilhas?”.
    Recorrendo às informações que foi adquirindo - e respeitando um legado familiar, já que o seu avô era engraxador -, Alexandre começou a estruturar o plano de negócios da Engraxat em setembro de 2016, com o apoio da equipa do Gabinete de Apoio ao Empreendedor do Famalicão Made IN, lançando-o ao público em março de 2017.
    Engraxando todos os tipos de sapatilhas, dando especial atenção às camurças, que requerem mais cuidado, Alexandre introduziu na Engraxat dois métodos de limpeza: a limpeza clássica, relativa apenas ao exterior da sapatilha e a limpeza profunda, que inclui limpeza exterior, interior, serviço de fragrância e desodorização.
    A evolução natural do negócio tornou-se inevitável: “Comecei com as parcerias, agora abri a loja física em Famalicão (Rua Alberto Sampaio, 43, Loja 3) e vou também trabalhar com uma transportadora a nível nacional para recolher as sapatilhas em qualquer ponto do país, sem a pessoa sair de casa, com um preço de apenas 8 euros, ida e volta”, revela Alexandre.
    As expectativas são as melhores. “Tenciono fazer com que a Engraxat cresça cada vez mais, com passos sustentáveis”, remata.

    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
309 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse